Artigos

Como usar seu software de finanças pessoais da maneira certa

Muitas pessoas acreditam que acompanhar as finanças da casa é chato e complicado. Na verdade, não é. O problema é que a maioria dos iniciantes estão tentando fazer isso detalhadamente, e eles gastam muito tempo com as menores despesas. É claro que eles ficam cansados rapidamente e chegam à conclusão de que a contabilidade doméstica não é a cara deles.

Primeiro passo: A contabilidade doméstica é fácil

Tentar acompanhar os menores gastos é o erro mais comum. Na verdade, você não precisa colocar todos os seus gastos detalhadamente. Em vez disso, concentre-se no que realmente importa para você. Controle várias categorias essenciais, como comida (a maioria das famílias gasta a maior parte do dinheiro com comida), pagamentos regulares e fixos (aluguel, telefone, transporte e empréstimos), pertences (roupas, mobília e utensílios), diversão (álcool, restaurantes, filmes) e outras coisas (incluindo todos os gastos não planejados, como presentes). As últimas duas categorias exigem uma atenção especial, pois você deve monitorá-las cuidadosamente e cortar o que for possível. Claro que não é fácil reduzir os gastos com comida, já que você teria que comer menos. Não podemos fazer isto, pelo menos não assim tão rápido.

Depois, quando você estiver confortável com a contabilidade, poderá dividir os gastos essenciais em despesas menores. Por exemplo, você pode dividir as comidas em essenciais e não essenciais, como doces, chicletes e refrigerantes. Você pode usar essa forma para dividir as categorias de Bens para ter os itens essenciais e os não essenciais (na verdade, coisas desnecessárias compradas impulsivamente). Mantenha a segunda categoria sob controle, e até reduza-a um pouco, mas sem fanatismo, pois nós somos todos humanos e todos temos as nossas fraquezas. Bem, e assim por diante. Você pode dividir as suas categorias infinitamente, mas isso é para profissionais na contabilidade doméstica. Iniciantes devem se concentrar nas em poucas categorias essenciais.

Primeiro mito: Você precisa monitorar cada centavo. Isso consome tempo, é chato e entediante, mas você não precisa fazer assim.

Fato, isso não é verdade. Você precisa controlar os grandes gastos, usando de 4 a 6 categorias essenciais, não mais que isso.

Então, vamos acabar com o primeiro mito. Você chega em casa vindo de um supermercado qualquer, com o recibo do caixa com 1 metro de comprimento. Você precisa mesmo passar todo o resto da tarde inserindo todas as compras no programa? Claro que não! Concentre-se nas despesas essenciais, por exemplo, você comprou duas cervejas para a tarde e uma garrafa de uísque para os feriados de natal e ano novo que estão chegando, um banco para a cozinha e muita comida. Você lembra disso sem o recibo do caixa, não é? Então tudo o que você precisa é do gasto total do recibo, o que é fácil de se conseguir se já está acompanhando as suas finanças. Simplesmente subtraia a quantidade total de dinheiro da sua carteira da soma no programa. Como você vê, não precisamos mesmo do recibo do caixa. Nós podemos calcular facilmente quanto gastamos hoje e podemos lembrar do preço das cervejas e do uísque de cabeça. Nós também lembramos dos custos do banco, porque nós o rachamos antes da compra (como você sabe, tudo pode acontecer hoje em dia e uma coisa que custa uma bagatela pode acabar custando os olhos da cara no final das contas). Como resultado, podemos inserir três coisas no programa, separadas em álcool, banco e comida. E não tenha medo de ter comprado meias, mas de bobeira esqueceu e colocou esta compra na quantia de comida. A prática mostra que essas coisas pequenas não mudam a figura geral. Simplesmente deixe isso para lá. Da próxima vez que você comprar uma chave de fenda e um serrote, mais um quilo de batatas, esqueça das batatas no caminho de casa, e coloque tudo na categoria de Bens.

Segundo mito: Você esqueceu de colocar algo e agora está tudo errado.

Isso está errado. Na verdade, tudo está bem, como as batatas compensaram as meias. Sempre. As coisas são trocáveis.

Então, nós gastamos apenas alguns minutos do final da tarde para colocar os gastos, mesmo sem ter um controle completo do nosso dinheiro. Foi um bom negócio, certo? Um outro hábito bom é contar o dinheiro que você possui uma vez por semana e verificar de novo a quantia de dinheiro no programa. Se estas duas somas não baterem, tente lembrar o que mais você comprou na semana passada e ajuste o saldo. Como regra, itens não contabilizados são comida e diversão (chiclete, refrigerante e cerveja). Estas duas categorias são como um buraco negro no qual você deve ficar mais de olho para a perda de dinheiro.

Segundo passo: Planejamento

Você deve gastar o seu tempo planejando gastos futuros, em vez de gastá-lo colocando os detalhes dos seus gastos no gerenciador de finanças pessoais. Essa parte é a mais importante e mais interessante da contabilidade doméstica.

Planeje tudo. Vamos dizer, por exemplo, que o inverno acabou e as suas velhas botas de inverno estão usadas totalmente e o casaco não está mais bom para ser usado. Você deverá comprar um novo par de botas e um casaco para a próxima estação. Insira o futuro gasto desse casaco e das botas no programa em algum lugar próximo ao inverno, especifique a quantia, e você nunca estará vestido com sapatos de verão na primeira neve do inverno.

Terceiro mito: A contabilidade doméstica significa gravar todos os gastos e pronto.

Não é, o planejamento dos gastos é muito mais importante. Planejar evita que você fique sem dinheiro nos momentos mais inoportunos.

Planeje tudo. Em breve você terá uma visão completamente clara da sua sua situação financeira, tanto atual quanto futura. Você verá quanto dinheiro disponível tem, quanto pode economizar para as férias e quanto poderá gastar em um futuro próximo. Não é suficiente? Você pensou que poderia economizar para as férias nas ilhas nesse verão? O que fazer? Bem, há uma solução. Você pode pegar um empréstimo e voar para as Maldivas e esquecer de tudo. De qualquer forma, você terá que pagar o empréstimo depois, e agora é a hora de se divertir. Claro que isso é uma piada. Pegar um empréstimo para as férias é o maior erro financeiro que você poderia fazer. Mas há uma saída. Vamos para o próximo capítulo.

Terceiro passo: Cortando despesas

Bem, agora nós sentimos o pulso da nossa saúde financeira. Nós controlamos as despesas e planejamos o futuro. Agora vamos cortar os gastos desnecessários e preparar reservas para um dia ruim.

Quarto mito: A falta de programação pode ajudar a gastar menos. Você só precisa ganhar mais.

Bem falado! Na verdade, ganhar mais não é tão fácil como parece. Como a prática nos mostra, o salário cresce mais devagar, e as despesas decolam rapidamente. Parece que você ganha mais hoje, mas o dinheiro nunca é suficiente. Ele some. Algo deve ser feito sobre isso.

Como eu já falei no começo, nós precisamos dividir as despesas em partes menores. Dividir a comida necessária e desnecessária. Faça o mesmo com as roupas. Então comece a acompanhar as despesas mais detalhadamente. Isso significa que você terá um pouco mais de trabalho, mas como já está acostumado com o programa e faz tudo rapidamente, só levará alguns minutos por dia. Você descobrirá rapidamente que a maior parte do dinheiro é gasta em coisas desnecessárias. Você não comerá o dobro de batatas se o seu salário dobrar, certo? É mais provável que você compre um pouco de carne para as batatas, tsc tsc, mas que desperdício! Brincadeira, claro, mas toda brincadeira, como você sabe, tem um fundo de verdade.

Então, primeiro nós devemos determinar os gastos desnecessários, e depois reduzi-los gradualmente. Isso não é difícil porque todos sabemos que muitas das coisas que compramos são, na verdade, desnecessárias. Nós as compramos por causa de um impulso momentâneo e nos arrependemos depois. É muito mais fácil se controlar, ter uma visão clara das suas finanças e, o mais importante, perceber a quantidade assustadora de dinheiro desperdiçado em besteiras. Aqui nós temos só benefícios, já que o dinheiro está seguro e você não precisa se arrepender de compras compulsivas. Então nós precisamos cortar os gastos desnecessários, isso não dói e , na verdade, é muito bom. Depois de tudo, você quer comprar aquele iPhone 5 e não ficar quebrado, certo? E você também quer ter férias nas ilhas no próximo verão. Você pode conquistar isso tudo facilmente se cuidar da sua saúde financeira, planejar e cortar os gastos desnecessários. Isso exige apenas três passos simples.


Aqui vai o meu último conselho. Economize dinheiro. Ter uma quantidade certa é muito importante e útil. Isso deixará você comprar coisas caras sem fazer empréstimos. Você terá tempo para procurar por um outro emprego se for demitido ou se demitir. Você terá tempo disponível para explorar muitas opções e escolher a melhor, em vez de agarrar a primeira oportunidade que vir, mesmo que ela proporcione um salário ruim e condições de trabalho ruins, porque você não tem dinheiro e, se não for contratado imediatamente, não terá nem o que comer. Esta é uma opção muito triste e deve ser evitada. E se você tiver a oportunidade de começar um negócio com os amigos? Seria triste perdê-la porque você não tem um capital inicial. Mantenha sempre uma reserva de dinheiro disponível e abrirá novas perspectivas que nunca tinha visto antes.

Referências

Eu uso o programa Alzex Finance há 2 anos e estou muito feliz em usá-lo. A interface e a forma com que os gráficos e quadros são estruturados permitem que eu acompanhe os gastos da minha família de forma bem efetiva. A minha mulher e filhos (acredite ou não) adoram usá-lo por ser o único e fácil jeito de provar para onde dinheiro vai/foi! Nós sentamos juntos todo mês, revemos as informações usando este programa, fazemos os planos de ação e terminamos esta revisão sorrindo. Eu recomendo fortemente este programa para todo mundo. Parabéns!

Artigos

Mantém o acompanhamento de pequenas compras, para economizar bastante.

Você já tentou economizar dinheiro evitando gastos com compras do tipo roupas de estilistas e comidas caras, mas viu que o que entrava no bolso, saía logo? Se a resposta for «sim», você deveria tentar fazer um orçamento.

O software de finanças pessoais o ajuda a se livrar da síndrome de gastar além do que pode.

Como uma pessoa que acabou de começar a sua carreira, ou teve uma promoção, lidar com as novas oportunidades que incluam um salário maior pode ser difícil de certa forma. As pessoas começam a experimentar os sintomas da ida repetitiva ao shopping e da síndrome de gastar mais do que possuem.

Language

Help and support

Subscribe